Posts Tagged ‘cozinha’

Mais dicas de utilização do papel alumínio na cozinha

abril 22, 2010

Acompanhe no nosso blog mais dicas para melhor utilização do papel alumínio na culinária.

Tire suas dúvidas sobre a utilização do alumínio na cozinha

março 29, 2010

Se você ainda tem dúvidas sobre a utilização do alumínio na cozinha, fique atento porque vamos sanar sua curiosidade.

Por que o alumínio tem um lado fosco e outro brilhante?
Devido ao processo de fabricação, que consiste na laminação de folhas entre os cilindros. Sendo que as folhas são colocadas em superposição numa única bobina antes da sua passagem pelos cilindros dos laminadores. O atrito entre as folhas que estão em contato faz com que a superfície fique fosca.


Qual é o lado certo para usar o papel alumínio em contato com o alimento, o fosco ou o brilhante?
O “papel alumínio” pode ser utilizado tanto do lado fosco quanto do lado brilhante, dependendo da sua utilização o lado brilhante refletirá mais calor.


Há algum tipo de alimento em que o uso do alumínio não é recomendado?
Por possuir características não tóxicas, o alumínio pode ser utilizado em utensílios domésticos sem qualquer efeito nocivo ao organismo humano, tendo atualmente larga utilização na industria alimentícia.


Continuaremos nossa série essa semana. Não percam!



As vantagens da embalagem de alumínio no dia-a-dia

março 2, 2010

Chocolates, temperos prontos, sopas e caldos, embalados em folhas de alumínio, atum em latas, extrato de tomate, leite condensado e creme de leite em caixinhas longa-vida são alguns dos exemplos de produtos acondicionados coma proteção que só o alumínio proporciona. O metal pode estar presente em toda a embalagem, na tampa, ou na embalagem interna que tem contato direto com o produto.

Em qualquer aplicação, é ele que aumenta a vida útil do conteúdo, seja ele qual for, isolando o produto da ação da luz, umidade e do ar. O alumínio também impede a entrada de odores externos, mantendo o aroma do alimento, como por exemplo, o café, embalado a vácuo com folha de alumínio. Embalagens de leite em pó e achocolatados também são vedadas com tampas de alumínio fáceis de abrir e que asseguram total segurança.

O alumínio e sua história na culinária

fevereiro 8, 2010

O uso do alumínio como utensílio doméstico data de cerca de cem anos. As primeiras panelas apareceram no início do século passado, e as propriedades do metal – mais leve, resistente à corrosão e com excelente condutividade térmica – lhe garantiram lugar de destaque, nas cozinhas do mundo inteiro.

Hoje existe uma gama enorme de produtos – panelas, assadeiras, panelas de pressão, caçarolas e frigideiras – fabricados em alumínio. Revestidos ou polidos, estes artefatos têm na condução homogênea do calor sua principal vantagem, o que proporciona o cozimento por igual.

Essa vantagem térmica faz do alumínio o melhor material para conduzir calor para os alimentos. Por isso, as panelas de aço inox possuem, no fundo, uma camada de alumínio. Se não fosse assim, o calor não se propagaria de forma homogênea e queimaria o que estivesse em contato direto com a chama, deixando outras partes numa temperatura muito mais baixa.

Os produtos disponíveis no mercado nacional podem ser diferenciados segundo a espessura de parede e a forma de acabamento (revestimento).

A maioria das panelas nacionais é produzida por estampagem e apresentam espessuras variadas.

Em escala bem menor, também encontram-se as panelas fundidas, de maior espessura. No exterior, principalmente na Europa, é comum encontrar panelas de alumínio fundido, com paredes acima de 4 mm e podendo chegar a 10 mm, em casos especiais. O peso específico do metal viabiliza o uso de utensílios de paredes tão grossas.

Revestidas ou não, o certo é que as panelas de alumínio têm posição de destaque em qualquer cozinha, pela leveza, praticidade e propriedade térmica. Elas são garantia de cozimento por igual no fogão e de pra tos saborosos na mesa.