Posts Tagged ‘forno’

Tire suas dúvidas sobre a utilização do alumínio na cozinha: Parte 2

abril 5, 2010

Como prometido, vamos dar continuidade a nossa série sobre a utilização do alumínio na cozinha. Só aqui no blog da Wyda você tira suas dúvidas.

Por que o alumínio oxida, e as vezes chega a furar, em contato com alguns alimentos? O alimento em contato com o alumínio oxidado traz algum dano à saúde? Ex. se uma lazanha coberta com papel alumínio em perfeitas condições for congelada por 60 dias e ao ser descongelada e aquecida no forno perceber-se que o papel alumínio está oxidado, apresentando cor escura e pequenos furos,ela poderá ser consumida?

Na realidade, a oxidação do alumínio se dá devido aos contato com a umidade do congelador. O tipo de alumínio mais sujeito à oxidação é o rolinho doméstico pois trata-se de uma folha com espessura muito fina e sem nenhuma proteção em sua superfície, ao contrário do material utilizado em pratos e bandejas descartáveis, que além de ter maior espessura tem a proteção de um lubrificante na superfície. O alumínio é um metal inerte e por isso o contato do alimento com alumínio oxidado não traz prejuizos à saúde.

O alumínio pode ir ao forno de microondas?
Como as paredes do forno são metálicas, o alumínio não deve esbarrar nelas com o microondas funcionado, para que não surja um arco voltaico, conhecido como “faiscamento”. Se o microondas tiver uma grelha para dourar, que também é metálica o mesmo cuidado se aplica, não devendo o alumínio tocá-la diretamente. Portanto, utilizando de forma correta, as embalagens de alumínio podem ser utlizadas no microondas, principalmente pela conveniência de irem diretamente do freezer para o forno, e, é no forno microondas que o alumínio mostra algumas de suas caracteristicas mais interessantes. (O ponto básico em relação às microondas é que elas não atravessam superfícies metálicas, sendo, ao contrário, refletidas, pois o alumínio é um excelente condutor de temperatura)
.


Anúncios

Tire suas dúvidas sobre alumínio na cozinha

março 9, 2010

Se você ainda tem dúvidas quanto ao uso das embalagens descartáveis de alumínio no forno microondas, não perca mais tempo. Seguindo nossas dicas você vai poder levar o alimento do freezer direto para o microondas.

Aquecimento

Primeiramente vamos esclarecer como agem as microondas. Após serem emitidas pelo forno elas penetram no alimento, atingindo, em média, 3 cm de profundidade. Por isso, aqui vai nossa primeira dica:

– Quando o alimento ocupar uma altura superior a 3,5 cm, ou quando for mais denso, como uma lasanha, por exemplo, utilize a técnica de aquecimento em banho-maria. Coloque o descartável de alumínio dentro de um recipiente de vidro ou de cerâmica refratária, com um pouco de água. Ao aquecer, essa água esquenta o fundo da embalagem, fazendo com que o calor penetre por todo o alimento.

As microondas não atravessam superfícies metálicas. Por isso:

– Retire a tampa de alumínio da embalagem para permitir a penetração das microondas no alimento. Cubra com papel manteiga ou com uma tampa especial para microondas. Isso impede o ressecamento da superfície do alimento, além de colaborar com a manutenção da higiene do forno, pois evita respingos.

Descongelamento

Por ser um excelente condutor de temperatura, o alumínio propicia um congelamento mais rápido do alimento. Essa rapidez é justamente o que garante a eficácia das embalagens de alumínio: tanto para congelar quanto para descongelar.

– Preservando textura, sabor, aparência e valores nutricionais do alimento, a embalagem de alumínio pode ir direto do freezer para o microondas. Embalagem descartável de alumínio e forno microondas: tudo o que você precisa para não perder tempo.

– Cobrir algumas partes da carne com tiras de papel alumínio também é uma boa dica para o descongelamento. O alumínio reflete as microondas, funcionando como um escudo no alimento. Isso impede que o cozimento se inicie antes do total descongelamento.

Cozimento

Nessa etapa do preparo do alimento as tiras de alumínio também podem ser usadas. No início, no meio ou no final do processo de cozimento, as tiras de alumínio evitam o cozimento desigual. – Nas aves é indicado cobrir ossos das coxas, asas e o centro do peito com tiras de alumínio.

– Nas carnes assadas, como rosbife e lombo de porco, as extremidades são mais sensíveis e, por isso, devem ser protegidas.

– Nos pescados, a cabeça e a cauda devem ser cobertas para evitar excesso de cozimento, pois isso compromete a maciez do alimento.